Conheça as 7 características imprescindíveis de um bom líder moderno

características de um líder

Conheça as 7 características imprescindíveis de um bom líder moderno

Os papéis de liderança são cada vez mais fundamentais para qualquer empresa. Contudo, ao longo do tempo, surgiram novas demandas para dar conta das exigências do mercado e, com isso, os perfis precisaram ser versáteis para acompanhar as evoluções.

Sabendo disso, um bom líder precisa se atualizar em relação às competências necessárias para manter-se nessa posição.

Para você entender qual o papel de um líder e conhecer as características fundamentais para se tornar um, continue lendo nosso post!

Qual a diferença entre líder e gestor?

Ao contrário do que se pode pensar, ser líder e ser gestor são papeis bastante diferentes. Em geral, o gestor faz parte de uma estrutura hierárquica, na qual ele está acima de outros colaboradores, é especializado em determinado assunto e tem como responsabilidade a administração de um setor.

Já o líder, sendo ou não gestor, serve pelo exemplo, como uma figura de proa para tocar projetos e coordenar ações da equipe. Portanto, liderar uma equipe não depende necessariamente de uma contratação ou nomeação para esse cargo específico. Esse posto depende mais de atitudes e comportamentos que o coloquem nessa posição.

A seguir, indicamos uma lista com 7 características que você precisa desenvolver para ser um bom líder. Confira!

1. Estar atento à transformação digital

As redes sociais, os aplicativos e os smartphones entraram com tudo no cotidiano das pessoas e ajudam a otimizar tarefas que antes demorariam horas ou até mesmo dias, como organizar planilhas ou fazer a contabilidade.

Mas não basta estar por dentro das ferramentas que já existem, pois sempre são lançadas novidades. É necessário ficar de olho nesses lançamentos do mundo digital para atualizar seus conhecimentos e seus processos de trabalho.

2. Saber inspirar a sua equipe

Por ser uma figura que está à frente dos projetos, o líder deve promover um ambiente de confiança e apresentar uma postura que que sirva de inspiração para os outros colaboradores, demonstrando atitudes como proatividade, escuta ativa e trabalho em conjunto. Por isso, se você quer ser um excelente líder, inspire e incentive por meio de seu comportamento.

3. Orientar-se pelos resultados

Um bom líder precisa ter em mente quais são os objetivos finais dos projetos em que ele se envolve, para conseguir focar em resultados. Dessa forma, é possível manter-se no eixo ao longo do trabalho e coordenar a equipe com mais confiança, sem deixar que contratempos atrapalhem o andamento.

4. Desenvolver a equipe por meio de feedbacks

Muitos pensam que os feedbacks devem ser dados apenas quando algo está caminhando da maneira errada, o que faz com que a equipe só tenha retorno negativo e acabe se desmotivando. É fundamental criar uma cultura de feedbacks, onde possa positivar o que está indo bem e dar feedbacks construtivos para o que deve ser melhorado. De uma maneira geral, indicam-se 3 feedbacks positivos para 1 feedback de construção ou corretivo, mas não vale inventar para entrar nesta média, é fundamental atuar com franqueza. Desta forma, e com o tempo, será possível atingir um nível saudável e eficaz. Atente-se em utilizar as forças de seus colaboradores como alavanca para o desenvolvimento.

5. Ter jogo de cintura

Todas as equipes podem se deparar com imprevistos que entravam o processo de trabalho e, nessas situações, o papel do líder é criar estratégias e orientar os integrantes para garantir a continuidade das ações. Para tanto, é fundamental ter jogo de cintura e não se desesperar diante dos problemas. Manter a tranquilidade da equipe e agir com confiança e de forma construtiva é o grande desafio do líder.

6. Atuar com base nas soft skills

As soft skills dizem respeito a competências comportamentais, que podem ser exploradas para garantir um maior êxito nas tarefas. Por isso, dizemos que um bom líder deve atuar também com base nessas competências, pois conhecer as forças e características de cada integrante de sua equipe é um passo essencial para atingir níveis de alto desempenho.

7. Ser empático

Liderar pessoas diferentes exige que se tenha empatia para saber como lidar com os problemas individuais dos membros do time. Do contrário, você pode esperar que todos tenham o mesmo desempenho, o que pode gerar frustração e falta de engajamento.

Além de desenvolver essas características, é necessário prestar atenção aos desafios atuais do trabalho e à sua equipe, para verificar se sua liderança está sendo eficiente. Para isso, você pode levar em considerações análises de produtividade da equipe, o índice de turnover e o retorno sobre investimentos da empresa. Assim, é possível identificar possíveis lacunas e desenvolver estratégias diferentes para compensá-las.

Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre a arte de liderar, descubra o que são as forças de caráter e por que é importante conhecê-las para saber como aproveitar todo o potencial de seus colaboradores.

Sem comentários.

Postar um comentário