Saiba quais são as características do gestor de RH do futuro

rh do futuro

Saiba quais são as características do gestor de RH do futuro

Quando pensa no futuro, o que lhe vem à mente? Os filmes de ficção científica nos fazem imaginar um mundo dominado pelas máquinas no qual os humanos recebem o papel de meros coadjuvantes. Porém, ao analisarmos os rumos tecnológicos no contexto empresarial, percebemos que o RH do futuro é a soma da virtualização com a humanização.

O que isso quer dizer? Explicaremos no decorrer do nosso artigo. Mostraremos, também, o que o amanhã reserva para o RH e que competências exigirá dos gestores corporativos. Visualize conosco esse horizonte da posteridade!

Um panorama do RH do futuro

Sim! As máquinas serão uma parte fundamental do RH do futuro. Porém, seu principal objetivo envolverá unir forças com os profissionais das organizações visando atingir resultados grandiosos. Afinal, as tecnologias podem otimizar e desenvolver serviços com extrema precisão. No entanto, as soft skills (habilidades) são um “tesouro” exclusivamente humano.

Sendo assim, a tendência é um RH mais conciso, estratégico e empático nas suas atribuições. Por exemplo, um software baseado na inteligência artificial é capaz de personalizar um processo de desenvolvimento das competências dos colaboradores. Uma vez que colhe informações sobre o perfil de um profissional, o treinamento e o direcionamento de carreira serão embasados em dados concretos não em teorias.

Outra tecnologia que promete definir as decisões do RH do futuro é o People Analytics — metodologia que visa a utilização estratégica do colaborador. O resultado é um time engenhosamente montado com profissionais de competências e habilidades distintas, porém complementares.

É como um jogo de xadrez no qual as peças têm funções e poderes diferentes, mas avançam para o mesmo objetivo: ganhar o jogo.

Em resumo, a base do futuro da área dos recursos humanos será a tecnologia. Com certeza, novas ferramentas serão desenvolvidas e aprimoradas. Por outro lado, os gestores precisarão se adaptar a essa nova realidade.

Competências indispensáveis para um profissional de RH do futuro

Voltando a nossa atenção para o profissional de liderança do RH do futuro, podemos discernir algumas competências que lhe serão necessárias. Vejamos quais são.

Inovador

Sem dúvida, o espírito inovador integrará a essência dos gestores dos recursos humanos. Porém, ter a inovação como “bandeira” não significa apenas aprender a manusear as novas ferramentas virtuais.

Além disso, é preciso estar atento as ideias vindas dos colaboradores, tendências do mercado corporativo e boas práticas utilizadas por outras empresas (benchmarking). Sendo assim, cria-se a cultura da inovação nos genes do negócio.

Integrador

Não haverá espaço para gestores autoritários e centralizadores. Pelo contrário, os líderes do futuro serão fomentadores do espírito em equipe e das práticas colaborativas (crowdsourcing). Inclusive, a liderança incentivará cada vez mais a implantação de programas que desenvolvam a integração corporativa, como o Team Building.

Outra atitude do líder do amanhã é a adoção de metodologias ágeis, que utilizam as competências de cada membro do time. Uma delas é o Scrum que divide um projeto em ciclos, designa a função dos participantes, realiza breves reuniões diárias para unir a equipe e traçar estratégias.

Gestor do conhecimento

De acordo com o estudo “The future of Human Resources — a glimpse into the future”, feito pela empresa Deloitte, uma das características do RH 4.0 é unir a inteligência artificial com a realidade virtual para personalizar os treinamentos de acordo com as necessidades dos colaboradores. Esse cenário exigirá que os líderes sejam gestores do conhecimento. Como assim?

Por ajudar a equipe a usar o aprendizado de modo prático, visando o aperfeiçoamento das tarefas e o alcance das metas organizacionais. Seria como um direcionamento de carreira feito nos moldes de um processo de coaching ou mentoring. Sendo assim, a cultura do aprendizado torna-se parte da equipe interna.

Enfim, o futuro sempre nos deixa curiosos e um pouco temerosos. No entanto, as tendências atuais revelam muito do que veremos no amanhã. Cabe aos profissionais estarem atentos ao comportamento do mundo empresarial. Dessa forma, é mais fácil preparar-se para as mudanças inevitáveis.

O que achou do nosso conteúdo? Entendeu alguns dos atributos do gestor de RH do futuro? Sua empresa está com dificuldades na interação entre os colaboradores? Saiba o que é a comunicação organizacional e sua importância!

Sem comentários.

Postar um comentário