Como a neuroplasticidade pode impactar na sua equipe de trabalho?

Neuroplasticidade

Como a neuroplasticidade pode impactar na sua equipe de trabalho?

Com a intensidade que estamos condicionados a aprender, reaprender e desaprender novas técnicas e atividades, o nosso cérebro se adapta ao que chamamos de neuroplasticidade. Essa capacidade permite que novos aprendizados sejam retidos com a flexibilidade de se modificar e se adaptar às novas situações.
Estamos diante de um mercado cada vez mais competitivo, que não objetiva apenas o domínio nas habilidades técnicas, mas também o quanto os indivíduos estão dispostos e preocupados com o desenvolvimento intelectual, a partir da busca incansável por conhecimentos que agregam na vida pessoal e profissional.
Para saber mais a respeito do processo de neuroplasticidade aplicada nas organizações e de que forma isso pode beneficiar o crescimento dos colaboradores e da empresa, confira a seguir algumas informações importantes.

ENTENDA O QUE É E A IMPORTÂNCIA DA NEUROPLASTICIDADE NO MEIO CORPORATIVO

Se a sua equipe não está com a mente aberta a reter novos aprendizados e a desenvolver novas habilidades, é possível que este comportamento possa afetar a produtividade. Neste caso, a responsabilidade principal do gestor é estimular o desenvolvimento intelectual dos seus colaboradores e abrir o leque de chances para o crescimento profissional.

Portanto, a neuroplasticidade é também a capacidade que o indivíduo tem de se adaptar às novas oportunidades que são delegadas para o atual momento. Um exemplo prático disso foi a virada de cenário que tivemos com a chegada da COVID 19. Muitas adaptações foram necessárias, o que era presencial passou a ser virtual. Com a adequação ao Home Office, passamos a realizar muitas reuniões virtuais, por exemplo. Neste momento nosso cérebro está trabalhando com o exercício da resiliência e ressignificação. Leia a seguir algumas formar de ativar a mente produtiva de um colaborador.

SAIBA COMO ESTIMULAR A NEUROPLASTICIDADE NA SUA EQUIPE

Para que esse processo aconteça naturalmente e flua de forma saudável, é preciso que o cérebro seja constantemente estimulado com a prática de alguns exercícios. Contudo, antes de aplicar qualquer tipo de dinâmica, é importante compreender os gostos, as experiências e todas as características relevantes de cada membro para, então, fazer a construção de um plano de ação para intensificar a ideia nos colaboradores.

FAÇA JOGOS QUE MOTIVEM A EQUIPE

Alguns métodos eficazes podem deixar o ambiente confortável para a equipe se tornar mais flexível, como a aplicação de jogos dinâmicos, divertidos e que exijam capacidade intelectual, além de despertar o interesse em aprender novas técnicas e novas habilidades comportamentais. Confira abaixo algumas práticas que podem ser aplicadas no meio corporativo:

● oficina de treinamento e desenvolvimento;
● dinâmicas em eventos e palestras;
● atividades experienciais lúdicas.

No decorrer do artigo, pudemos perceber que o exercício da neuroplasticidade pode promover uma série de benefícios, como aprender uma habilidade nova para sair da zona de conforto, permitir experimentar um caminho diferente para atingir o objetivo e debruçar um novo olhar para os pontos fortes de cada membro da equipe, tornando o corpo e a mente propensos a trabalhar sempre com inovação.

Se você gostou de saber o quanto a neuroplasticidade pode afetar positivamente na produtividade da equipe, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude um maior número de pessoas a aplicar essa tendência para suas vidas pessoais e profissionais.

Sem comentários.

Postar um comentário