Como motivar uma equipe a ser mais produtiva: 12 estratégias infalíveis!

motivar uma equipe

Como motivar uma equipe a ser mais produtiva: 12 estratégias infalíveis!

A motivação é um sentimento muito particular. Algo que estimula uma pessoa a fazer o seu melhor em uma tarefa pode não ter o mesmo efeito em outra. Por exemplo, alguns são impulsionados quando recebem elogios, enquanto outros “brilham os olhos” ao ganharem uma recompensa por um serviço realizado. Por isso, as empresas recorrem não a uma, mas a várias estratégias de motivação para funcionários.

Neste artigo, elencaremos as principais práticas para aumentar o desempenho da sua equipe. Acompanhe os próximos tópicos!

Quais são as melhores estratégias de motivação para funcionários?

Motivar uma equipe não é tarefa fácil. Apesar de ser um processo muito discutido nas empresas, encontrar as técnicas certas para ter uma equipe produtiva exige bastante dedicação e conhecimento.

Saiba que o trabalhador brasileiro leva uma hora para fazer o mesmo serviço que um americano faz em 15 minutos, segundo dados divulgados pela Fecomercio-SP. Em outras palavras, são 45 minutos de diferença que interferem nos resultados diários. Por isso, nós reunimos algumas estratégias infalíveis para aumentar a motivação dos funcionários, tornando-os mais unidos e produtivos. Vejamos alguma delas.

1. Crie um ambiente que estimule as forças e características pessoais

Ofereça oportunidades para que seus colaboradores descubram, desenvolvam e coloquem em prática seus talentos, forças e características pessoais únicas.

A psicologia positiva, que estuda os benefícios da felicidade e do bem-estar, aponta que funcionários que utilizam suas forças características e talentos no trabalho tendem a ser mais felizes e, consequentemente, produzem mais e melhor.

Uma empresa que sabe aproveitar e valorizar as forças pessoais dos seus colaboradores e sua diversidade, ganha potência, da mesma forma, quando cria um ambiente que conecta as capacidades dos componentes da equipe gera o que conhecemos como sinergia.

2. Ofereça um propósito realista e transformador

“Se sua empresa deixasse de existir, o que o mundo perderia?”. Reflita sobre essa questão. Talentos sentem-se motivados em fazer parte de organizações que têm um propósito grande, massivo e transformador.

Nesse sentido, uma estratégia infalível é somar propósito ao trabalho — as atividades não podem se resumir ao lucro. A Tesla, por exemplo, tem a missão de “acelerar a transição do mundo para a energia sustentável”. E em sua empresa, qual é o propósito?

Lembre-se também que é importante reconhecer o funcionário como uma pessoa que enfrenta altos e baixos, e isso, em diferentes aspectos e não apenas números que podem ser substituídos a qualquer momento.

3. Dê “asas” ao espírito de equipe

Na empresa, pouca coisa pode ser feita com o esforço individual. É preciso que diversos profissionais, com competências e motivações diferentes, colaborem em parceria para o alcance de um único objetivo.

Em razão disso, otimizar o senso de pertencimento à equipe é essencial para manter os talentos motivados. Todos precisam se sentir parte de um verdadeiro time e trabalhar para alcançar o sucesso comum.

4. Estabeleça objetivos inteligentes

Bons objetivos servem como uma bússola e garantem que o time trabalhe com forte senso de direção. Por outro lado, objetivos mal definidos desestimulam ou geram resultados muito abaixo do esperado.

Cabe ao gestor criar objetivos inteligentes, que obedeçam ao padrão SMART (isto é, que sejam específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com tempo bem-definido). Para tanto, vale envolver o time de trabalho.

5. Ofereça feedback com consistência

Muitos líderes têm medo de dar feedback aos colaboradores. Acreditam que isso pode gerar desestímulo ou prejudicar sua imagem diante dos funcionários, mas é o contrário. Os profissionais necessitam de feedback.

Ao receber um retorno sobre seu trabalho, a pessoa sabe que está sendo observada por seu líder e pode identificar pontos fracos “cegos”, melhorando seu desempenho conscientemente. Por isso, o retorno de informação é uma estratégia infalível à motivação.

6. Trabalhe a gestão de conflitos

Uma equipe em conflito, certamente, faz sua empresa perder muito dinheiro. Sem contar que isso interfere na rotatividade dos talentos, pois muitos saem por insatisfação com os colegas e, muitas vezes, com os próprios gestores. Por conta disso, o melhor caminho é apostar em atividades criativas que promovam a interação entre a equipe.

Mostre que cada funcionário representa uma peça indispensável na engrenagem, necessária para que o produto ou serviço seja entregue com qualidade. Ou seja, por menor que pareça o cargo da pessoa dentro da instituição, sem ela, a excelência na produção não seria possível.

Esse reconhecimento faz muita diferença na hora de vestir a camisa do negócio. Sendo assim, deixe sempre a porta aberta para que o time tenha acesso fácil aos superiores e aos próximos planos, na medida do possível, para que o sucesso se torne um objetivo em comum.

7. Celebre os sucessos

Uma boa estratégia para motivar sua equipe é celebrar os sucessos. De fato, os elogios sempre fazem muito bem no ambiente de trabalho, além disso, esse tipo de feedback ajuda no crescimento do profissional.

Em empresas com alto índice de cobrança, reuniões de busca por resultados costumam ser frequentes. No entanto, saiba que conviver em um ambiente que é uma verdadeira panela de pressão pode ter um efeito negativo na produtividade.

Pensando nisso, faça celebrações de metas alcançadas e desenvolva uma programação de premiações para os funcionários mais engajados. Além de fazer com que o time se sinta reconhecido pela empresa, ainda estimula todos a contribuírem ainda mais no desempenho diário.

8. Conheça o perfil da equipe

Construir um relacionamento de confiança com a equipe é um verdadeiro divisor de águas na hora de alcançar bons resultados.

Isso porque ao conhecer bem o perfil dos funcionários, se torna muito mais simples criar estratégias que trazem resultados positivos em pouco tempo.

Por exemplo, para determinados tipos de equipes, ao planejar palestras trazendo inovações, o ideal é oferecer algo impactante, emocionante. Isso mesmo! Pode até não parecer à primeira vista, mas programação burocrática que fale apenas de números acaba sendo assimilada por poucas pessoas.

Agora, quando envolve algo relacionado a superação ou a trajetória de vida de alguém, as lições tendem a ser muito mais valiosas, pois funcionam como combustíveis no momento de atingir o potencial.

9. Invista em Storytelling para se comunicar

Se você está inserido no universo corporativo, já deve ter ouvido falar em storytelling. Essa prática consiste na arte de contar histórias com um objetivo e emocionar o público ouvinte. O mais importante é usar técnicas diferenciadas para valorizar a narrativa.

Assim, a mensagem transmitida será impactante e inesquecível. Dentro da proposta de uma empresa na busca de engajar seus funcionários, saber usar esse recurso a seu favor se mostra fundamental.

Tenha em mente que, hoje em dia, muitas pessoas ligadas à área de vendas acabam tendo clientes mais por contar boas histórias do que pelo modelo antigo de persuadir. E com os colaboradores não é diferente, ao aplicar o processo corretamente, o interlocutor enriquece o relacionamento de confiança e ainda aplica conteúdo de maneira eficiente.

10. Implante programa de incentivo

A atual geração de colaboradores preza os benefícios que recebem das empresas até mais do que o próprio salário. A razão para isso é que uma política de incentivo voltada para o oferecimento de recompensas estimula o ego de cada profissional. Afinal, o salário entra na conta de todos os funcionários no fim do mês, mas os prêmios não são concedidos a todos.

Sendo assim, as recompensas servem como um lembrete de que a empresa reconhece o diferencial de um determinado colaborador. Uma excelente maneira de motivar, concorda? Algumas organizações estudam o perfil dos seus profissionais antes de começar a distribuir prêmios.

Isso é importante para que a recompensa seja personalizada e toque de modo especial os sentimentos do colaborador. Por exemplo, caso o escolhido goste muito de viajar, a empresa pode dar passagens de avião para um destino turístico. Por outro lado, um funcionário poderá ficar feliz com um vale-compras de uma famosa loja de roupas.

Embora um programa de incentivo envolva algum custo financeiro para a empresa, o retorno obtido com o aumento da motivação dos colaboradores é muito maior. Um deles é alcançar melhores resultados nos serviços internos.

11. Construa um plano de carreira

A implantação de um plano de carreira para os colaboradores torna o ambiente interno mais motivador. No entanto, esse processo envolve mais do que apresentar a “escada” de cargos que levam até um posto de liderança. Na verdade, um plano de carreira eficiente envolve planejamento, treinamento, direcionamento, acompanhamento e feedbacks regulares.

Por que isso é importante? Cada colaborador tem um perfil profissional diferente e o modelo de plano de carreira que motiva um pode não motivar o outro. Sendo assim, as práticas citadas garantirão que os membros da equipe tenham um planejamento de carreira personalizado que os impulsione a elevar o seu desempenho.

Entre os modelos de plano de carreira, estão:

  • horizontal: quando não há ascensão de cargos, mas mudanças de funções;
  • Y: de acordo com as suas habilidades, o colaborador pode escolher dois caminhos: um cargo técnico ou de gestão;
  • rede: as possibilidades de crescer na empresa são muitas e os gestores orientam o melhor caminho;
  • estrutura paralela: o objetivo não é subir de cargo, mas ter as competências valorizadas na mesma função.

12. Promova treinamentos

Os treinamentos corporativos são uma ferramenta valiosa para aumentar a produtividade da equipe interna. Quando a empresa investe nessa prática, os colaboradores melhoram suas habilidades, aprendem a realizar seus serviços com mais qualidade e entendem como trabalhar em equipe.

Além disso, cresce a confiança dos funcionários na organização, visto que percebem o interesse do negócio no seu crescimento profissional. Porém, não é todo o tipo de treinamento que traz esses bons resultados.

De acordo com um artigo do site Harvard Business Review Brasil, as empresas americanas gastam mais de U$$ 160 bilhões com treinamento e muitas não veem o retorno desse investimento. Para mudar essa situação, uma das dicas dadas nesse artigo é criar um ambiente favorável ao aprendizado.

Como escolher o melhor tipo de treinamento não é uma tarefa fácil, muitas empresas contam com ajuda especializada. Por exemplo, a Team Building Brasil é uma organização voltada para programas de treinamentos e capacitação. O método utilizado é a aprendizagem experiencial.

Por meio de atividades lúdicas baseadas na andragogia, neurociência e na psicologia positiva e comportamental, os participantes se envolvem nos ensinamentos. Dessa forma, aprendem como aplicar as lições no seu dia a dia profissional. Além disso, as atividades permitem a integração e o fortalecimento das equipes.

Outra vantagem de contar com a Team Building Brasil é obter toda a sua experiência para a construção de um programa de treinamento personalizado de acordo com as necessidades da empresa. Sem dúvida, essa é uma das melhores estratégias de motivação para funcionários darem o seu melhor nos serviços.

O que achou de nosso artigo? Gostou das estratégias de motivação de funcionários? Quer a ajuda da Team Building Brasil para elevar o desempenho do seu time? Então, entre em contato com os nossos especialistas!

Sem comentários.

Postar um comentário